DICAS DOS TRILHEIROS

admin | | segunda-feira, novembro 5th, 2007

ESCREVAM SUAS DICAS, QUEREMOS DIVULGAR AO MÁXIMO NOSSO ESPORTE E AJUDAR OS INICIANTES COM ESTAS DICAS. PARTICIPEM!!

1 – Use os equipamentos básicos de proteção até em trilhas leves: capacete, botas, calça, camisa, luvas, joelheiras e colete. Mas se for enrolar o cabo (correr mais forte, motocross ou cross country) use os equipamentos citados anteriormente mais cinta abdominal cotoveleiras e joelheiras articuladas;

2 – Leve ferramentas básicas para pequenos reparos;

3 – Em estradões resista a tentação de fazer curvas na contramão;

4 – Se for iniciante acelere com bom senso. E se mais a frente pegar uma curva com areia solta ou cava, já aprendeu a frear?

5 – Faça trilhas em grupo, além de muito mais divertido é mais seguro;

6 – Se a trilha for longa até o fim da tarde, verifique se todas as motos possuem farol, e se estão funcionando;

7 – Leve um celular e documentos, num bag que fique bem vedado (serve até saquinho zip loc, pegue na cozinha da patroa) caso você caia em um riacho, afunde num brejo ou pegue um toró, eles ficarão protegidos. A trepidação da moto nos bags de pára-lamas pode danificar celulares e câmeras, portanto leve os eletrônicos numa pochete na cintura ou na mochila de hidratação;

8 – Caso seja assaltado, nunca reaja. Os marginais não agem sozinhos, sempre tem cobertura de outros malandros no meio da mata.
Por essa razão, não compre motos com chassi raspado, sem procedência. Dê uma basta no roubo de motos, quebre o círculo vicioso da violência para não ser vítima um dia.

DICAS SOBRE O USO DAS MOCHILAS DE HIDRATAÇÃO:

A mochila de hidratação (ou camel back, como muitos dizem, mas na verdade esse termo refere-se a uma marca) é uma bolsa com uma mangueira que hidrata o piloto.

Na ponta dessa mangueira existe um bico também de borracha onde o piloto morde e suga água.
É comum o bico dessa mangueira vazar. Para remediar esse pequeno incômodo, após sugar a água o piloto deve soprar a água de volta esvaziando a mangueira, evitando dessa forma que a água contida na mangueira vaze.
Caso o bico apresente algum tipo de vazamento constante pode-se trocar o bico do reservatório por uma peça de reposição, geralmente na loja onde se adquiriu a bag.

A água ficou quente no final da trilha?

Para evitar esse incidente abasteça a bag com água gelada e cubos de gelo, e quando aparecer botequinho no meio do mato não vacile, pare, compre uma mineral gelada e reabasteça. Pois você nunca sabe o que encontrará pela frente; trilha travada (que seca a goela) ou furo nO bag.
Ao adquirir uma mochila de hidratação procure uma com bolsos extras para levar documentos, dinheiro algumas ferramentas básicas para trilha, como esta mochila.

Ao final de cada trilha, jogue a água fora e lave o interior com uma escova de mamadeira com um pouco de cândida (um pouco, 1 colher de sopa para um litro de água) ou detergente.
Enxágüe muito bem e deixe secar destampada e bem aberta. Nesse momento, atenção as borrachinhas de vedação da tampa, caso as percam, o vazamento é certo.

120 Comentários

Deixe um comentário

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI